Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

31
Jan12

06 - DIZ QUE É FASHION, MAS EU CÁ SÓ ACHO MUITO PARVO


Mac

 

 

 

 

 

E depois há as Litas, ou Jeffrey Campbell, ou lá o que é, que são basicamente o mesmo, mas ao contrário, com excesso de salto, excesso de plataforma, enfim, basicamente excesso, e muito daqueles sapatongos que as mulheres dadas a ginásticas alternativas exibem nos seus espectáculos carnais, ah e alguns homens também.

 

 

[obrigada, Sónia, por escrever exactamente o que penso]

31
Jan12

82 - COISAS QUE ELAS VESTEM E QUE EU GOSTO MUITO


Mac

 

 

 

 

 

 

 

Como já por aí disse, gosto de saias, porque nos fazem mais femininas, porque me deixam fazer contrastes, sim, os que gosto muito, os das peças pouco prováveis, o dos jeans escafiados, ou não, com casacos tipo Chanel, os dos padrões, e porque sim. Mas depois também gosto do ar certinho que nos conferem alguns vestidos.

 

E estou a gostar muito das que têm brilhos, vá, lantejoulas [só espero não ser confundida com uma pequena bola de espelhos, que assim como assim ainda continua a ser melhor do que aquela coisa dos rabazolos, mas está bem].

31
Jan12

19 - SÓ UMA MÃE SABE


Mac

 

 

 

 

 

Ontem fui ao pediatra com meus adorados pimpolhos. O Mac Baby para a consulta dos três meses, o Mac Kid com uma gastroenterite. O bebé a portar-se muito benzinho, nada de goelas em seu máximo esplendor, portanto a evoluir no comportamento choroso até à data, perante a nudez das observações médicas, e finalmente a perceber que a pediatra é amiga, uma querida e guru de mamãe, e vacina contra a meningite a começar aos quatro meses.

 

O irmão a portar-se malíssimo e basicamente com conversas porcas, versando sobre puns, tipos de puns, cocós e tipos de cocós, rabos e tipos de rabos, enfim fase anal em todo o seu interessante conteúdo.

 

Eu, que quando as conversas me desagradam profundamente, sou atacada de desesperos e dá-me para gargalhar como uma louca, achei por bem versar também sobre o tema, enquanto gargalhava, o que não ajuda a acabar com os assuntos, a pediatra idem aspas e assim unidas, entre gargalhadas, lá vencemos as conversas porcas de pimpolho escatológico, que percebeu que além de ser muito difícil chocar adultos, o riso nem sempre é resultado de graça.

 

 

Desconfio que estes miúdos modernos entram na pré-adolescência a partir dos cinco anos, coisa para lhes durar até aos treze, seguramente.

30
Jan12

04 - O MARAVILHOSO MUNDO DAS TIAS


Mac

 

 

 

 

 

Fico deveras constrangida quando as pessoas agem de uma forma desconcertante. Ora então estava eu na Oysho a aproveitar o resto do resto do resto dos saldos e quando fui pagar, deparei-me com uma tia, vá, uma imitação de tia, alegre e entusiasmada, como se quer uma tia. Para as tias é tudo sempre o máximo, é tudo giro, é tudo aaaaaaaaaaaa, eeeeeeeeeeee, iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, oooooooooooooooo, uuuuuuuuuuuuu. Uma caturreira pegada.

 

Tia: Ouçaaa fez uma excelente escolhaaaaaa!

Esta: 38, por 7.99 já só havia estas.

Tia: Mas são lindaaaas!!!

Esta-já-enrascada-por-assim-de-repente-não-ver-a-beleza-da-pantufa: Servem.

Tia: Ouça, nós temos de nos mimar imeeenso, até nestas coisas só de andar por casaaa!!!

 

E eu tive uma vontade quase compulsiva de dar uma de educadora do povo e responder-lhe óoooooo sua pindéeeeericaaaaaa, estou a comprar esta bela pantufaaaaaaaaaaaa para ir a um casameeeeeeeeeeentoooooooooo, não se vê looooogooooo? Mas pronto, estou uma menina.

 

 

Estes maneirismos linguísticos irritam-me, então em pessoas que não tem nada a ver, soa-me a armanso, nas que supostamente tem a ver, irrita-me à mesma.

 

30
Jan12

07 - CO'A BRECA, JÁ É SEGUNDA-FEIRA OUTRA VEZ


Mac

 

 

 

 

 

 

A terminar com um domingo à frente da lareira a devorar episódios atrás de episódios de Roma, intercalados com Allo Allo, torradas e iogurte líquido.

 

Já pouco me resta de séries, ainda tenho para ali o Nip/Tuck, mas já marchou quase tudo, Mad Men, que ainda espero pela terceira e todas as temporadas, Californication, à espera da quarta, ou quinta, já não sei, Weeds, aguardo pela sétima e The Hour. Ah ainda me faltam os Tudors, mas depois do trauma com os Borgia, que para mim andou ali muito pela rama, sem intriga à séria, drama, traições e o coiso, agora estou com alguma aversão a tudo quanto se me assemelhe a séries com nomes de famílias.

 

E das que passam até à náusea na tv, gosto muito de Uma Família Muito Moderna, No Meio do Nada e Raising Hope, as levesinhas das tardes, mas já deito pelos olhos House, Clínica Privada e Anatomia de Grey, salva-se o Scrubs, adoro. Do género gente esventrada também já não papo, CSIs, Body of Lies e quejandos. Com advogados, também já dei, Good Wife, Boston Legal e o coiso. Ou seja, acho que me cansei de hospitais, escritórios de advogados e morgues, mais por aí, ah e famílias depravadas, se bem que o Nip/Tuck anda ali pelas gentes de tripa à mostra, agulhas, cirurgias plásticas e que tais, logo se vê.

 

30
Jan12

06 - CO'A BRECA, JÁ É SEGUNDA-FEIRA OUTRA VEZ


Mac

 

 

 

 

 

 

Do fim-de-semana, um sábado a aproveitar o resto do resto dos saldos e não só. Água de colónia de bebés, que queria para o meu bebé. E para mim um verniz verdunco, eu que dizia que musgo nas unhas jamais, pois, mas este é um verde azulado, vá petróleo, ou lá o que é; uma saia em renda castanha da Zara, que como já não havia o M, veio o L, mas tão baratinha, sete euros e não sei quantos trocos, que se não der para vestir, é verdade, não a provei, dá para panos para os vidros; umas camisolas muito em conta, que ainda não escorri para que servem exactamente, e na Oysho uns pijamas e pantufas. Camisas para o Mac Man e mais roupa para as crianças, parece que têm a mania estranha de crescer, crescer, crescer. A terminar com esta que vos escreve, a reabastecer no bar da FNAC com um folhado de salsicha e um malvado de um pastel de Vouzela, seguida de uma paragem em casa dos avós, Mac Baby a alimentar mais o pequeno corpinho e a mãe, eu, a abastecer com umas Bolinhas de Berlim, mais uns pastelinhos e o coiso. 

 

E o melhor de tudo, o meu pequeno Buda a portar-se que nem um senhor, quase sempre a dormir e a sorrir para o mundo, quando acordado, nada a ver, claro está, com o facto meramente irrelevante de ter sido substancialmente alimentado antes de sair de casa, é que levar bebés muito pequenos para a rua com o perigo de lhes dar a fominha a meio do processo, e se eles são uns relógios, para ter o povo todo a fulminar-nos com olhares malvados, nós atacadas dos nervos e o coiso, pois que não vale a pena, isso e levar sempre uma chupeta extra e o amigo Aero-Om, ah e a fralda mudada, e mais umas tantas de prevenção, e com tudo calculado, há sérias probabilidades de correr tudo bem, quer dizer, às vezes, mesmo com tudo pensado e executado, arma-se a put@ e lá vamos nós a bater em retirada, que é como quem diz, a regressar a casa, sem ter feito nada do que nos tínhamos proposto, enfim, nada que qualquer mãe não saiba e já tenha experimentado. 

 

Pronto, a coisa corre bem se pensarmos nos bebés e em nós como automóveis, faz isto e aquilo, pára e reabastece, mais isto e aqueloutro, reabastece, avança mais um bocado e tunga, abastece.

 

Gosto destes raides aquisitivos.

Pág. 1/10

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D