Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vida em azul cueca

31
Ago11

13 - A MINHA BARRIGA, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

E pronto, ao que parece esta aqui vai fazer cesariana e nada de parto dito normal, ou natural, ou lá o que é. Também diga-se de passagem que prefiro, não tenho a mais ténue ideia do que sejam contracções, dores e quejandos, porque quando foi do Mac Kid a coisa foi programada, feita na ligeireza e bebé cá fora assim sem mais. Sim, um bocado piegas só de pensar naquela enorme cabecinha a passar, ah e os ombros? ui.

 

Ah e tal e a recuperação das cesáreas é muito pior e o coiso e o coiso. Quem disse? Eu cá só sei que até pode ser, sim, senhora, mas é a recompensa de não ter sofrido antes. Não se pode ter tudo.

 

Pois. A verdade é que sou daquelas que os bebés não se põem em posição, portanto noutros tempos, quinava no parto, é o que é.

31
Ago11

104 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

Mas que tempo chuvoso é este, hein? 

 

Nunca vi um Verão como este, acho eu, ainda menos um Agosto assim. Ai ai. 

30
Ago11

103 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

 

Ah é verdade, a lista para a maternidade, em que a quantidade de roupas depende se vai ser cesariana ou parto normal, e consequentemente o número de dias que se fica, se bem que muitas vezes sabemos lá nós se não entramos para um parto e acabamos numa cesariana. Bom, para as que não sabem, o melhor é fazer a mala com as coisas para parto e deixar uma lista com os reforços necessários.

 

. 4 Bodys

. 4 Babygrows

. 4 Cueiros

. Meias

. 2 Gorros

. Fraldas para 2/5 kg. (se o bebé tiver uma previsão de 4 kg, é melhor um saco com fraldas 3/6 kg)

. Toalhinhas

. Soro fisiológico em míni doses Mustela, por exemplo

. Compressas

. Álcool a 70º para o cordão umbilical

. Pomada para o rabinho, Eryplast, por exemplo.

. Gel banho

. Creme hidratante

. 2 Chupetas previamente esterilizadas. Há quem diga que não às chupetas, olha está bem e depois quem o cala, as tais anti-chupetas, é?

. Escova, ou pente

. Tesoura, ou corta-unhas (os bebés normalmente nascem com umas unhas enormes)

. Roupa para o dia da saída

. Manta para o dia da saída

 

. 4 Camisas de dormir com abertura

. Sapatos de quarto

. Havaianas ou similares para o duche (caso das maternidades publicas)

. Lençol de banho (para as maternidades publicas)

. 2 Soutiens de amamentação

. Cuecas descartáveis

. Pensos higiénicos (maxi)

. Discos de amamentação

. Betadine ginecológico

. Microlax para eventuais prisões de ventre, que acontecem quase sempre

. Gretalvite, ou Purelan 100, ou outra pomada para eventuais gretas no peito (eu prefiro o Purelan)

. Gel de banho

. Perfume leve (não convém ser muito forte, o bebé pode não gostar)

. Pente, escova, escova de dentes, etc

. Roupa para o dia de saída, sem esquecer os sapatos

 

. Documentos e Boletim da grávida

. Telemóvel e carregador

. Garrafa de água

. Bolachas e tal

 

 

Assim de repente, acho que está tudo.

30
Ago11

83 - SÓ UMA MULHER SABE


Mac

 

 

 

 

 

E chegada esta altura das coisas, minhas amigas, pois há que começar a pensar na mala para a maternidade, não esquecendo a nossa roupa para o dia da saída. Pois. Não é por acaso que começo por aqui, a tendência é mesmo essa, esquecermos que vamos entrar com a barriga esticada até ao limite do impossível, mas sair sem ela, e se algumas até regressam ao mundo dos comuns com um corpo todo giro e qualquer trapinho lhes vai bem, a regra não é essa, portanto o melhor é pensarmos em duas ou três alternativas, muito em vestidos de malha, são sempre uma boa opção e evitando ao máximo as roupas de grávida, já não o estando e para quem as comprou, não é o meu caso, até agora não comprei nada dito próprio. É que não há nada mais deprimente do que sair da maternidade com a roupa onde cabia uma barriga de nove meses, mas já sem a dita barriga, ah pois é.

 

Convém mesmo muito pensarmos em nós, naquilo que vamos vestir e não nos faça sentir o último hipopótamo do planeta, na maquilhagem, sim, levar a bolsa e tentarmos pôr-nos qualquer coisa de giras, só para não nos sentirmos uma mera UCAL ambulante e sem esquecer um perfume. Parece que não, mas estas coisinhas ajudam muito.

 

Talvez não evite uma depressão pós-parto, pois não, mas pelo menos ajuda-nos a manter à tona. Pois. Esta é daquelas coisinhas que enquanto andamos a sonhar com meias 00, berços e fraldas, pela primeira vez, ninguém nos conta. Não bate à porta de todas, ainda bem, mas pode acontecer à mais bem resolvida, segura e tal, pode acontecer e não é o fim do mundo, nem vergonha. O melhor mesmo é indagar junto do obstetra sobre o assunto, se depois acontecer, nunca fingir ou tentar aguentar sozinha. Esta é daquelas coisas que convém mesmo assumir, é mais comum do que aquilo que se julga e normalmente resolve-se sem grandes delongas.

 

Portanto, minhas amigas, mães de primeira água, cuidar muito das vossas pessoas e esbordoar ao mundo, marido, mãe, irmãs, tias, médicos e tal, aquelas vontades de chorar, arrependimentos e tudo quanto acharem que se calhar não era bem aquilo que esperavam, boa?

30
Ago11

12 - A MINHA BARRIGA, CAPRICHOS, DÚVIDAS BIPOLARES E COISAS ASSIM


Mac

 

 

 

 

 

Do fim-de-semana, que resolvi que seria prolongado. Muita melancia, como se quer e se gosta, diz que não engorda e eu acredito. Nozes oferecidas por Dona Sogra, diz que engorda e eu não acredito. Eram quatro, mas uma já lá ia, não sei como. Já não sobra nenhuma, também não sei como. Ao que uma mulher chega. Piscina, onde ainda posso imergir, diz que não há ondas a bater na barriga, as águas são paradas e tal. Eu, que sempre achei as piscinas a maior seca do Verão, agora acho-as as coisinhas mais divertidas, ali a loucura de entrar pelas escadas, muito devagarinho, agachar e assim conseguir um grande banho, vá boiar qualquer coisa e fazer um bruços. Ao que uma mulher chega. E mais e mais vestidos postos de lado até ao regresso da cintura. Já eram, o raio que empinam e fica tão feio. Ao que uma mulher chega. Diz que tenho de comprar daquelas coisas confeccionadas com metros de tecido à frente. Mas eu não vou comprar. Não. Não vou. Se há coisa que me chateia é esbordoar dinheiro, ainda para mais em coisas que só vou usar durante dois meses. Nem isso, entretanto vem o Outono. Vou ali pensar.

Pág. 1/5

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D