Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

19
Out17

182 - As nossas refeições, a vida, o nirvana e eu


Mac

 

 

 

  

Desta vez trago mais duas refeições que funcionam muito bem aqui em casa e de execução relativamente rápida. 

 

Aqui em casa nunca houve problema com as sopas, desde que sejam em creme. Coisas a boiar não é com os meus filhos, excepção feita para a canja de galinha com arroz ou massinhas. Por isso faço muito cremes e Caldo Verde e afins fica só para os adultos. 

 

Para uma das refeições fiz esta sopa que me foi sugerida ali na página do blog no Facebook e os miúdos adoraram.

 

(para uma panela de 5 l)

. 1 dente de alho

. 1 cebola

. 2 alhos franceses

. 2 mãos cheias de folhas de espinafres

. meio aipo (geralmente preparo o aipo todo e congelo a metade que sobra, assim de uma próxima vez já tenho o aipo pronto)

. 4 batatas (opcional)

. 500 g de grão cozido

. azeite q.b.

. sal q. b.

 

 

Corte as folhas ao aipo e a base branca, lave bem os caules e corte cada um a meio e depois em bocadinhos. Numa panela ponha o aipo, a cebola, o alho, o alho francês e o azeite e deixe cozinhar até ficarem transparentes. Junte os espinafres e tape até estar tudo cozinhado. Adicione água e as batatas (opcional) cortadas em cubinhos e deixe cozinhar até as batatas estarem macias. Triture com a varinha mágica. Tempere com sal e junte o grão cozido (triturei o grão). Para quem consome lácteos, sirva com uma colher de iogurte grego ou crème fraîche e coentros picados.

 

 

  

 

 

 

Para a outra refeição fiz uma canja de massinhas (conhecida por aqui como a sopa das letras).

 

(para uma panela de 3 l)

. 1 almoçadeira de massinhas (principalmente letras e estrelas, são um sucesso com os miúdos)

. 1 peito de frango + 1 perna de frango (o ideal é quando se coze um frango para empadas, aproveitar e fazer a canja, mas quando não há frango inteiro para cozer, assim também resulta)

. 1 cebola picada

. azeite

. hortelã picada

 

 

Encha  a panela com água e junte-lhe a perna e o peito de frango, o sal, um fio de azeite e a cebola descascada. Depois da carne cozida retire-a e desfie-a. Junte a massa ao caldo e deixe cozer. Quando a massa estiver cozida acrescente o frango desfiado e sirva. Junte-lhe a hortelã.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para variar do Strogonoff de Peru, que também é um caso de sucesso por aqui, às vezes faço estes bifinhos com molho cervejeira, que servi depois da sopa de espinafres e aipo.

 

. 1 kg de bifes de peru

. margarina q.b.

. sal

 

para o molho:

- margarina que ficou da fritura dos bifes

- 100 ml de cerveja

- 100 ml de natas 

- 1 colher de chá de mostarda

- sal qb

 

(já experimentei os molhos em cubos, também funcionam bem e os sabores são muito bons)

 

 

Frite os bifes. Depois de fritar os bifes, ponha na frigideira a mostarda e a cerveja e deixe derreter. Assim que levantar fervura, deixe evaporar um pouco a cerveja, durante cerca de 1 minuto. Junte as natas. Tempere com um pouco de sal e deixe engrossar. Quando o molho tiver a consistência pretendida, sirva quente por cima dos bifes de peru.

 

 

Acompanhei com um arroz Basmati e batatas fritas feitas na ActiFry.

 

 

 

 

[*] 

 

 

 

 

Para a refeição que começou com canja, fiz um bacalhau com natas (receita da Bimby), acompanhado de uma salada de tomate com queijo fresco magro.

 

 

 

 

 

 

- para a salada -

. 6 tomates

. 1 queijo fresco magro

. coentros secos

. sal 

 

 

Corte o tomate em rodelas, rale o queijo fresco e misture-o com o tomate. Polvilhe com coentros secos e tempere com sal.

 

 

 

 

 

 

 

E para terminar as refeições, fruta da época.

 

 

 

 »»» • ««« 

 

 

 

 

 

[*] já agora uma dica, para os metais não oxidarem e evitar que sempre que precisamos de os usar ainda termos de os limpar, comprei película transparente idêntica à que se usa na cozinha para tapar alimentos, mas esta é mais resistente e é vendida em rolos maiores (há nas superfícies de bricolage), e mantenho os metais todos embrulhados, assim não oxidam e estão sempre impecáveis para serem usados]

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D