Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

07
Jan14

585 - LAI LAI LAI


Mac

 

 

 

 

Ainda não percebi lá muito bem para que se faz Panna Cotta instantâneo, mas pronto. Olha, a mim dava-me jeito que fizessem um Cozido à Portuguesa instantâneo, mas com as carnes boas, ou um Arroz de Pato, mas com o pato e o chouriço, ou coisas assim, agora Panna Cotta, não lhe vejo grande corte de tarefas, mas está bem.

 

Analisemos a dificuldade da coisa, 

 

Para o Panna Cotta,

. 1 l de natas

. 6 folhas de gelatina

. 250 gr de açúcar

. 1 vagem de baunilha

. 2 c sopa de rum

 

Para o molho,

. 300 gr de frutos silvestres (pode ser dos congelados) ou pêssegos em calda

. 100 gr de açúcar

. 50 ml de água

. 1 c chá de baunilha em pó

. 4 c sopa de rum

 

O pudim,

- Num recipiente demolhamos as folhas de gelatina em água fria durante 5 minutos. 

- Num tacho deitamos as natas, o açúcar e a vagem de baunilha cortada ao meio no sentido do comprimento, levamos a lume brando de deixamos ferver durante 10 mn (na Bimby, programamos 10 mn, v 1 a 100ºC).

- Escorremos as folhas de gelatina, em seguida derretemos no microondas durante 30 segundos, na potência máxima.

- Juntamos a gelatina ao preparado de natas e mexemos bem (Com a Bimby em funcionamento, juntamos a gelatina ao preparado de natas, através da abertura da tampa do copo de mistura).

- Deixamos arrefecer e quando frio, juntamos o rum, misturamos, retiramos a vagem e deitamos o preparado numa forma.

- Levamos ao frigorífico pelo menos durante cinco horas

 

O molho,

- Colocamos no copo da varinha mágica os frutos silvestres e trituramos (na Bimby, v turbo, durante 10 s).

- Pomos o açúcar e a água num tacho e levamos a lume brando, durante 10 mn. Juntamos os frutos triturados (na Bimby, juntamos o açúcar e a água aos frutos triturados e programamos 10 mn, v 1 a 100ºC).

- Juntamos a baunilha em pó e quando estiver frio, o rum.

 

Quando o pudim estiver sólido, desenformamos e deitamos o molho por cima.

 

 

Está bem que não é só juntar um pó a natas, mas garanto que fica como deve ser, ou seja, muito bom.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D