Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

04
Jan18

09 - balanços, retrospectivas, previsões e isso


Mac

 

 

 

À semelhança do que já tinha feito no final do ano passado, faço agora o balanço do meu ano em cremes, maquilhagem e produtos de beleza diversos. Este ano não houve muitas novidades, mas o que houve foi muito bom e veio para ficar. São cada vez menos os produtos a entrar para a minha rotina, porque cheguei a um ponto em que estou bastante satisfeita com o que uso, alguns já fazem parte da minha vida há uns bons anos, não tenciono mudar e não encontro melhor, como é o caso dos Météorites e terracota da Guerlain, a máscara Hypnôse da Lancôme e o lápis para os olhos da Chanel, é escusado, aos meus olhos não se fez melhor.

 

 

 

 

 

 

 

Um aspecto muito positivo foi ter alargado as minhas escolhas também para produtos de farmácia e supermercado. Durante anos e anos só consumi produtos de perfumaria, estava convencida que tudo quanto era vendido em farmácias e supermercados não podia ser igual, muito menos melhor, até que há cerca de dois anos comecei a experimentar alguns produtos que se vendem em supermercados e gostei imenso. Comecei com as águas micelares e fiquei logo fã da Garnier, depois alarguei os meus horizontes para as máscaras faciais (as máscaras de argila da L'Oréal são estupendaças), gel de limpeza e alguns cremes hidratantes.

 

 

 

 

 

 

Quanto aos produtos de farmácia, algumas marcas como a Caudalie, Uriage, ou Bioderma suscitaram-me curiosidade, já que até usava algumas delas para a higiene e cuidados dos meus filhos, e tive grandes e agradáveis surpresas. Ou seja, descobri imensos produtos tanto em supermercado como em farmácia com os mesmos resultados que tinha com os produtos de perfumaria. Depois há outra (enorme) vantagem, o preço, não tanto nos de farmácia comparativamente com os de perfumaria, mas uma diferença abissal de preços entre os de supermercado e perfumaria.

 

  

 

 

 

  

Continuo a acreditar que esta diferença se deve à qualidade, aos resultados e também à marca, mas há casos em que não se justifica. Depois também há insucessos com grandes marcas obscenamente caras, porque nem sempre são adequados à nossa pele, porque é mais a fama do que o benefício, enfim, já tive de tudo, assim como já comprei cremes no supermercado que foram também eles um insucesso, mas como é um insucesso mais barato, não lhes reza a história. Como é óbvio não deixei de usar todos os produtos de perfumaria porque gosto deles, porque acho que o preço justifica o produto (quer dizer, se fossem um bocadinho mais baratos também não fazia mal) e porque não encontrei idênticos noutros segmentos, mas outros abandonei por completo, como é o caso dos gel de limpeza.

 

 

  

 

   

 

Vamos lá então à lista dos que conquistaram este coração e esta pele em 2017. Se estivesse a eleger o produto do ano, escolheria sem dúvida o sérum Resveratrol da Caudalie (comecei a usa-lo porque achei que a minha pele estava habituada ao Perfectionist [CP+] - Wrinkle Lifting Serum da Estée Lauder e já não respondia como era de esperar. Foi uma boa opção, agora passo a fazer um frasco de cada intercalado) • o Hyséac 3-regul teinté da Uriage em vez da base (é tão bom que se lhe começar a tecer elogios, tenho de escrever outro post) • a máscara detox da gama Elixir Jeunesse da Yves Rocher, assim como o creme de contorno de olhos (adoro a sensação de desintoxicação) • o Anti-Wrinkle Day Cream com Q10 da Cien (só uso quando a minha pele está seca e faz-lhe maravilhas) • e para lavar a cara e desmaquilhar-me, qualquer produto de limpeza da Nivea (adoro todos, desde a espuma, ao gel, ao creme desmaquilhante para duche), aliados à Clarissonic (quando passo a água micelar e o tónico, já não há vestígios de maquilhagem) • e por fim, mas não menos importante, os discos desmaquilhantes da Cien (mega pacotes a micro preço)

 

 

 

 

 

 

 

[este post reflecte apenas a minha opinião e 

não é resultado de qualquer colaboração,

apesar de alguns destes produtos me

terem sido dados a conhecer

pelas marcas durante

2017]

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D