Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vida em azul cueca

25
Set17

02 - Eu gosto é de flores, lai lai lai


Mac

 

 

 

 

Aqui há dias disse que andava com vontade de fazer um arranjo com alcachofras e uvas e como neste domingo os avós vieram cá almoçar, aproveitei a ocasião e fiz o arranjo.

 

Gosto cada vez mais de misturar legumes, frutas e flores. É uma combinação que aos meus olhos resulta e varia um pouco do habitual.

 

 

 

 

 

 

 

 

Já agora deixo alguns truques que facilitam muito a execução de arranjos, tornam a tarefa mais rápida e resultam muito bem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para este tipo de arranjos uso sempre espuma de florista. Há dois tipos, a que se molha e a que fica seca. A seca é apropriada para arranjos de flores secas, que vão durar meses, ou até anos. Já a esponja que leva água é indicada para usar em suportes largos, para suster as flores naturais, que logicamente precisam de água para viver.

 

Dependendo do diâmetro do suporte que escolhi para fazer um arranjo, coloco uma ou mais esponjas. Geralmente é necessária uma esponja e a segunda serve para preencher.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para que as esponjas preencham a totalidade do recipiente e depois com o peso das flores não saiam do suporte, ponho uma esponja no meio e faço pressão com a outra, de forma a preencher os espaços vazios e como as esponjas são fáceis de cortar, o próprio rebordo da taça corta a esponja à medida.

 

 

 

 

 

 

 

 

Finalmente com uma faca, acerto a superfície, de modo a que não fique mais alta do que a taça e antes de começar o arranjo, ensopo as esponjas com água. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os caules das flores são facílimos de espetar nestas esponjas, mas os caules bem largos, como os das alcachofras não, assim corto a maior parte deste tipo de caule e espeto-lhe um palito de espetada de fruta. Para prender as uvas também usei destes palitos cortados a meio que espetei na esponja e entre duas hastes dos cachos.

 

 

 

 

 

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D